Confissões de uma shoeholic + Comprinhas Dafiti

Shoeholic_dafiti

 

Oi gente (espero que tenha alguém aí, afinal o blog é novo né? hahaha)

Hoje eu quero falar sobre um assunto muito preocupante. Como todo viciado, eu demorei para assumir o meu problema e estou procurando tratamento. Dói muito dizer isso mas SOU UMA VICIADA EM SAPATOS (SHOEHOLIC, SAPATÓLICA, sei lá o nome desse distúrbio).  Houve um tempo em que eu não ligava pra roupa, não ligava pra bolsa, só comprava … sapatos! Tem sapatos que eu tenho há mais de 1 ano e NUNCA usei. Gosto tanto que morro de medo que eles estraguem. Meus sapatos são meus filhos. Eu estou sempre limpando e organizando e eles tem um cantinho só pra eles.

Sei que pode parecer que 4 pares é um absurdo, mas dessa vez eu mereço um descontinho, viu? Eu só comprei porque eu estava realmente precisando, acreditem , não é desculpa de viciado. Acontece que eu só comprava sapatos de salto muito alto. Até meus tênis tinham salto, meudeusdocéu!

Minha mãe só me deixou começar a usar salto com 15 anos, antes nem saltinho. Ela me presenteou com um tamanco branco que só Jesus na causa. Só comecei a ser usuária mesmo quando comecei a faculdade.  E eu sei andar muito bem! Tenta correr de salto pra pegar um ônibus pra ver se tu não aprende rapidinho. Comecei com 10cm de salto, fui pra 13cm e chegou uma época que eu só comprava se fosse 15cm. Pasmem, já cheguei a comprar um sapato de salto 20cm pela Aliexpress . O sapato é tão grande, tão aberração que eu resolvi deixar ele guardado para o caso de alguém invadir aqui em casa e eu ter com o que me defender, porque, sério, é uma arma.sapato 20cm

Dá pra usar pra fazer cosplay de Lady Gaga também, é só tomar cuidado pra não cair porque é fratura exposta na certa.

Infelizmente, comecei a perceber que esses sapatos só serviam para ocasiões muito especiais, onde eu realmente quisesse me destacar na multidão. Eu já tenho uma altura boa, então eles acabam dando um “up” quando eu preciso. O problema é que sapatos altos pedem um ambiente onde o chão seja apropriado para você andar com segurança e que você não precise percorrer à pé longas distâncias, para preservar o salto e a coluna.

Do final do ano passado pra cá tenho investido mais na beleza do sapato e deixado o tamanho do salto pra lá. Sempre caio de amores pelos mega saltos da Schutz mas meu coração agora também tem lugar para saltos mais modestos. Scarpins são meus queridinhos.  A grande mudança na minha vida foi meu namorado, eu sou um pouco mais alta do que ele e mais encorpada (gorda), então qualquer salto acaba nos deixando muito desproporcionais.

No começo ele implicava, fazia cara feia. Chegou a me dar um “vale salto”. Funcionava assim, eu tinha 1 oportunidade por mês de usar salto sem ele reclamar. Eu nunca concordei numa boa e, de tanto insistir, ele acabou cedendo.  Hoje em dia ele ainda dá umas olhadinhas tortas mas não liga tanto, mas tudo tem um porquê: quando eu estava na fase do “vale da discórdia” acabava usando tanta botinha e tênis que hoje em dia não consigo mais usar salto.Quando eu finalmente descobri o maravilhoso mundo do não ter dores nas costas nem nos pés, de aproveitar a festa até o final, de não precisar ficar me equilibrando nessas calçadas sofridas aqui da cidade eu descobri um mundo de possibilidades maravilhosas que eu, até então, desconhecia.

No inverno eu usei muita bota. Acho estiloso usar coturnos e botas de cano curto mesmo no verão mas não aguento de calor.  Como essa aceitação de sapatos baixos ainda é um processo de transição e aceitação pra mim, eu tinha poucos sapatos baixos em bom estado. Sempre que me propunha a comprar um sapato baixo ou um tênis pra academia saía da loja com um sapatão de salto novo e continuava a bater meus sapatos mais do que acabados.

Então, eis que eu encontrei a luz e ela atende pelo nome de Dafiti e aceita cartão. Compro muita coisa na Dafiti, tanto das marcas próprias quanto marcas mais badaladinhas. Os preços são ótimos e, por sermos cliente vip aqui em casa, as entregas são super rápidas! Baixei o aplicativo da loja e eles sempre mandam umas promoções. Surgiu uma promoção de sapatos flats e eu mais do que depressa aproveitei pra renovar o meu estoque.

Meus sapatos antigos eram muito perua. Dessa vez tentei comprar algo que tivesse a minha cara, mas que também tivesse uma pegada mais cool para poder compor looks mais modernos.

 

lace up flat

Essa sandália de amarrações (lace up flats) da Beira Rio é a minha favorita e é o flat do momento. As sandálias de amarração vieram com tudo do ano passado para cá e essa versão sapatilha é pra quem quer ter o mesmo visual sem abrir mão do conforto.

Essa não estava na promoção, comprei uns 5 dias antes das outras. Eu queria muito mesmo a da Santa Lolla, mas achei essa por um preço mais em conta.  Ela saiu por R$67,90 mas como eu tinha um vale compras, saiu por uns R$32,00. Foi ou não foi um ótimooooo negócio? Gostei TANTO que vai ganhar um post só dela. Para quem se interessou, é só clicar aqui, o preço baixou pra R$61,90.

 

alpagarta_oncinha

Ela fica entre a sapatilha e o tênis, é o chamado “tênis slip on”. A estampa já virou clássico das fashionistas, além de que, dependendo da estampa da roupa que você usar, pode rolar um mix bem bacana. Eu usei ela hoje para dar um pulinho na rua. Uma amiga assim que bateu os olhos se apaixonou e já pediu o link pra comprar. Ela é da Fiveblu (aliás, eu amo as coisas dessa marca, são bem atuais) e foi só… R$34,90. Um ACHADO! Agora subiu pra R$39,99

Sobre o conforto eu achei ok. Digo só “ok” porque eu tenho um problema no pé direito e TODOS sapatos me machucam um pouco. O pé esquerdo seguiu firme e forte. Esse eu andei consideravelmente  e não precisei de band-aid, então já é uma vitória. Comprei 38 e eu calço 37, mas como é sapato fechado, fiquei com medo. Sapatilha 37 sempre acaba ficando certinha, mas faz um rombo no meu pé. Compre aqui.

 

d1

 

Oin, to apaixonada nessa alpagarta! O brilho dourado dá um toque “glam” que ao mesmo tempo é quebrado pelo estilo do sapato. Foi R$43,90 e é da Fiveblu. Infelizmente não achei mais dela, mas fiquem de olho porque a Dafiti costuma repor.

 

d2

 

Essa verde eu gostei muito na foto do site. Quando chegou a pedra me incomodou um pouco. Não faz muito o meu estilo, acho que comprei porque eu estava na TPM e na TPM eu tenho uma aura mais fofolétchi. A intenção era usar quando eu quisesse algo mais meigo, porque eu não tenho nada de lacinho, nem nenhuma sapatilha apresentável. A cor é bem diferente, chama a atenção.  Pessoal aqui de casa adorou, foi a favorita, então resolvi dar uma chance pra ela. Também da Fiveblu, R$36,90 (agora tá R$34,99, foi o tempo de chegar aqui em casa para o preço delas baixarem -.-‘ ). Compre aqui.

O sapato de oncinha, o dourado e o verde saíram todos por R$115,70. Achei bem justo para 3 pares tão diferentes.A de tiras preta eu comprei separado e foi mais cara delas, com ela dá R$183,60.

E aí gente, gostaram do post? Sempre que der mostro minhas comprinhas. E fica prometido um post com os meus sapatos favoritos.

Beijos!

ALL WHITE com Detali + Glam

No Brasil já sabemos que é tradição o uso da roupa branca no réveillon, que significa paz e acredita-se que é capaz de atrair boas energias para começar o ano com o pé direito. Em outro post mostrei para vocês uma opção de look mais clássico para a virada. Aqui, duas marcas parceiras do blog, a @glam4youbm e a @detali_oficial se reúnem para trazer para vocês algumas outras opções para quem gosta de comemorar com roupas mais fresquinhas e soltinhas. Para finalizar, uma saia de franjas in-crí-vel para você que ama um look poderoso. Atenção para os acessórios, principalmente a pulseirinha escrita “love”, para ver se você e eu desencalhamos de vez ano que vem  para atrair muito amor para esse novo ano que se inicial.
Fiquem de olho aqui,até dia 31 novas sugestões de look virão.

 

 
PicMonkey Collage  PicMonkey Collage1PicMonkey Collage3

Beijinhos!

Looks de Natal Rosália Boutique

Há mais de 1 ano sou parceira da Rosália Boutique, que é uma das lojas responsáveis pelos meus looks em eventos. Estive lá para conferir de perto algumas novidades bem bacanas para o final de ano. Com tanta confraternização a gente acaba meio perdida na hora de se vestir, não é? Mas calma, a gente te ajuda! Para isso, preparei algumas dicas para você se vestir de acordo com cada ocasião.

Bom, mas vamos as dicas:

Amigo secreto cazamiga: Por ser um ambiente de descontração e informalidade, é o momento de ser você mesma. Opte por looks fresquinhos, como shorts, vestidos e macaquinhos. Se for de jeans, jogue uma blusa mais elaborada para compor, você merece ficar bonita.

 

4

5

Confraternização do trabalho: Aqui vale muito do tipo de função que você exerce. Algumas profissões são mais informais e contam mais com a presença de mulheres, por isso até permitem looks com shorts, desde que não sejam muito curtos, pense que ali não deixa de ser uma extensão de seu ambiente profissional.  O mesmo vale para o decote e para roupas coladas no corpo. Vestidos soltinhos em altura próxima ao joelho são ideais. Uma boa pedida também são os macacões e os vestidos longos de tecidos sem brilho. Aqui temos duas opções para você se inspirar, de acordo com o seu tipo de trabalho, formal ou informal.

6

 

Natal em família : Aqui fica à seu critério, você conhece a sua família e provavelmente sabe como funcionam os eventos. Só evite roupas que limitem seus movimentos, pois geralmente alguém sempre pede ajuda  para levar as coisas para a mesa e também você vai ter que se levantar toda hora para abraçar os familiares que chegam. Se for passar na casa do namorado, esposo ou de algum amigo, aí a coisa já muda. Se você não é íntima da família, evite croppeds, roupas muito justas ou curtas, alguns parentes mais conservadores podem não gostar.

7

9

8

Ano Novo : Já é tradição em nosso país a escolha do look branco para comemorar a chegada de um novo ano, mas não tem problema usar outra cor. Eu, por exemplo, não gosto muito de usar branco nessa data, acho que dá azar.  Use a cor que você se sente bem para saudar o começo do ano. Os vestidos curtos soltinhos são ótimos para quem vai passar na praia e no campo. A saia longa vai bem na cidade e na praia, só evite no campo por causa da grama e do barro. Para quem vai passar em clube ou em festas, um cocktail dress curto com detalhes em pedraria cai muito bem. Até selecionei uma opção bem legal abaixo.

 

1 copy

 

Nas compras acima de R$199,00 você ganha um voucher da Giolaser.  Ah, e tem uma super campanha solidária rolando, explico em outro post e espero contar com o apoio de vocês.

ros

Fotógrafo: Gerson DCastro

Make-up: Ana Beatriz Pires

Espero que tenham curtido.

Beijinhos!

Como usar ADIDAS + LOOK DO DIA

Hoje o post tá caprichado. Separei dois looks do dia com blusa adidas, a minha queridinha do momento. Eu gosto muito de t-shirts mas é muito difícil achar uma que me agrade completamente, por isso tenho poucas. As da marca alemã Adidas são básicas mas adicionam autenticidade ao look. Confortável e estilosa, é a nova febre do momento. Para quebrar a pegada esportiva da marca, use com acessórios femininos.  Se estiver em dúvida de como utilizar a sua da maneira mais versátil possível, separei algumas opções de look abaixo.

1

 

Saia lápis: Com a peça must-have do guarda-roupas de toda mulher, a t-shit sport ganha ares de sofisticação.
A sandália de amarrações dá ao look a pegada fashionista. Se preza o conforto, aposte em uma sandália flat.

2

 Maxi blazer: o fenômeno fashion @sincerelyjules (esquerda) acertou em cheio ao combinar seu look jovial com um maxi blazer. Com o tecido certo, é ideal para disfarçar quadris largos. Ele favorece as altas, se for baixinha, don’t worry, se joga no salto.

3

Tênis Adidas: Esse look fresquinho acima é da Carla Lemos (direita) e tem a cara do Rio! Aqui a pegada sport ficou por conta do tênis, para quebrar o estilo bonequinha da saia rodada. Além do mais, ela soube brincar com as estampas e o resultado ficou muito descolado. Ao lado, temos a musa Rihanna, sambando na cara da sociedade com essa fenda. A proposta da saia longa de malha + tênis foi a minha combinação favorita, vou me inspirar sem dúvidas!

 

4

Vestidos : A marca possui vestidinhos pra lá de estilosos. Se quiser, dá pra pegar um moletom grande e usar como vestido também. Só não se esqueça de colocar um shortinho por baixo.

 

5

Trench coat : Pois é, acho que vai ser difícil a gente sair com um desses tão cedo, até mesmo no inverno custa pra fazer um tempinho assim aqui no Rio. Mas estão aí duas boas opções de looks pra quem vai viajar para fora do país e quer se aquecer sem abrir mão do estilo. Nos pés, tênis para você andar bastante sem prejudicar os pés.

 

6

Adidas Farm : A parceria entre as duas marcas deu super certo! Carla Lemos (esquerda) soube quebrar a cara sport com a blusa mais social. Se você ama esportes, que tal investir num look colorido, como o da direita?

 

Eu também sou fã da Adidas e não poderia ficar de fora, né? Minhas apostas foram a saia midi, que transformou o look em algo “girlie” e a calça boyfriend, que eu tenho investido bastante ultimamente.

7

 

8

 

 

Espero que tenham gostado,

 

Beijinhos!

Dia da Beleza + Encontrinho de blogueiras na Cia do Pelo

No final de novembro, aconteceu o Dia da Beleza na Cia do Pelo de Barra Mansa. Para quem não conhece, a Cia do Pelo oferece diversos serviços de depilação sem hora marcada e eu já sou cliente faz tempo. Além do diferencial de você chegar e ser prontamente atendida, o que me conquistou de vez foi a cera usada por eles. Não precisa de papel pra puxar e dói 50% menos que a depilação comum, além de o serviço ser muito mais rápido (então não tem mais desculpa pra você andar por aí igual ao Capitão Caverna, tá amiga?), mas isso é assunto pra outro post.

O evento contou com a presença de bloggers da região, como Paula Duarte e Marcinha Veloso, do colunista social Fábio Soares, do promoter Jean Fragoso. Os clientes que participaram puderam se deliciar com docinhos gourmet da Brigadelírios e com os cafés e capuccinos do Café Caramelo, além de saírem de lá mais lindas ainda, pois foi oferecido serviço de make-up da Bruna Ribeiro Makes.

Gravamos um vídeo muito bacana, cada uma falando um pouco da sua experiência na Cia do Pelo e dando dicas de beleza. Assim que lançar eu divulgo pra vocês.

O meu look com cara de verão ficou por conta da super parceira do blog, a loja Rosália Boutique, que me acompanha desde os tempos de miss. O vestido de renda da Litt tem um “q” de artesanal é uma boa escolha para as festas de final do ano para você que preza o conforto mas não quer abrir mão do estilo. Rola até pra quem vai passar o ano novo na praia, que tal?

litt

Faça uma visita, a Cia do Pelo funciona no endereço: Rua Duque de Caxias, nº 351 -Centro – Barra Mansa

Beijinhos!

Review – Gloss de Sobrancelha

Já sou cliente do Spa das Sobrancelhas há quase dois anos. Para quem não conhece, é uma franquia nacional especializada em sobrancelhas mas que também conta com outros serviços, como limpeza de pele, permanente de cílios, além de contar com uma linha própria de maquiagem. Eu frequento a franquia de Volta Redonda – RJ.

Como eu gosto muito do efeito henna mas não tenho prática suficiente para fazer em casa, a solução para os meus problemas foi o gloss de sobrancelhas de lá.  Ele está disponível em duas versões, uma mais clara e uma escura, para você usar de acordo com o tom dos seus pelos. Como sou morena, o meu é a versão mais escura.

 

zoi3

A consistência é bem líquida, pode aplicar sem medo de ficar borrado. O efeito fica mais bonito se as suas sobrancelhas estiverem em dia, ok? No antes, eu ainda não tinha feito sobrancelha. No depois, eu fiz o design e fiz coloração dos fios, para ficarem mais pretinhos. Como vocês podem ver, fica bem natural. A foto do depois está menos nítida pois quando cheguei em casa e fui me maquiar para sair o sol havia ido embora.

Para aplicar é muito fácil. Vamos lá:

  1. Penteie os pêlos com uma escovinha própria. A escovinha de cílios parece muito um aplicador de rímel. Na falta, pode usar uma escova de dentes dessas baratinhas.
  2. Aplique o produto acompanhando a extensão das sobrancelhas
  3. Penteie novamente com a escovinha para esfumaçar
  4. Pronto ! Viu como é simples?

Se você gostou e mora aqui pela região, você pode comprar o seu no Spa das Sobrancelhas de Volta Redonda, que fica no Shopping 33 – Torre 2, telefone (24) 3343-4818. Ou então, procure a franquia mais próxima da sua casa.

 

Beijinhos

Inauguração da loja DeTali

A Detali abriu as portas de sua primeira loja física em novembro deste ano, mas sua história começou muito antes disso.

Idealizada pela design Talita Borges, antes a marca contava com revendedoras e loja online.

Talita começou a produzir acessórios muito cedo, com 7 anos, “para comprar lego”, como ela mesma diz. Quando adolescente, bancou sozinha um intercâmbio com o dinheiro das peças que fazia. Formada em nutrição, resolveu largar tudo e investir na paixão de infância, que deu super certo. Para vocês terem uma ideia, suas peças são vendidas em Nova York e Espanha também. Inspiradora a história dela, né? Sou fã!

Agora Barra Mansa ganhou a primeira filial da marca, onde você mesmo pode ir e conferir de pertinho as peças.  O grande diferencial da marca é o atendimento personalizado. Talita conta que suas clientes mandam fotos de seus looks pelo whatsapp e ela ajuda a escolher o acessório ideal para compor.det

 

A loja conta com brincos, anéis, colares, body chains mas o grande destaque da marca são os conjuntos de pulseiras mesmo, um mais lindo que o outro.

Existem peças clássicas, para mulheres delicadas, boho para as despojadas e,para as mais ousadas, peças com uma pegada “rockinho”.

Para o natal, a marca separou alguns kits de pulseiras com um precinho super em conta pra você presentear.

Endereço : Edifício Antônio Rodrigues, sala 901, Centro, Barra Mansa (atrás das Lojas Americanas). WhatsApp: 24 99986-1905. www.detaliacessorios.com.br

 

Confira um pouco da marca:

 

12187900_1099834896702833_7364914989717499968_n 12289634_1109336785752644_4682581174261135463_n 12278859_1110254888994167_6876823101062074741_n 12301715_1115696065116716_4434832474879628281_n 12250154_1105631519456504_7189958137107842706_n 10995684_1040583422627981_191018485925173040_n 11224361_1106032029416453_6027206668276852710_n

 

Beijinhos

Máscara de argila

Se você é dessas que adora usar maquiagem durante a semana, já deve saber como a pele sofre com o uso da bendita. Por mais que a gente tente limpar, sempre fica algum vestigiozinho (o que não pode é dormir com ela, ok?). Quem tem o hábito de usar maquiagem todos os dias sabe que, se não cuidar, chega uma hora que a pele pede socorro.

A Rejane do Trat Spa Urbano me convidou para conhecer um tratamento muito bacana e super tradicional: a máscara de argila.

A argila possui ações bactericidas, regeneradoras, anti-inflamatórias e anti-sépticas. Rica em ferro, silício e potássio, já era usada desde o Egito antigo.

Mas essa argila é tratada, viu gente?  Miga, sua louca, não é pra sair aproveitando a época de chuva e sair catando lama do quintal pra tacar na cara não, tá? Para ter as propriedades certas, ela deve ser extraída

 

Olha eu aí de "Hulka"

Minha pele é mista, estão notando que a argila possui duas tonalidades diferentes? É que há tipos diferentes de argila, de acordo com a necessidade da sua pele. Por exemplo:

 

Argila Verde
A argila verde é indicada para peles oleosas e com acne. Tem ação adstringente, tonificante, estimulante, secativa, bactericida, analgésica e cicatrizante se aplicada como máscara facial no tratamento de beleza.

Realiza um peeling natural, removendo o excesso de oleosidade da pele. Nutre os tecidos com sais minerais e absorve radiação solar, retardando o envelhecimento.

Argila Branca
A argila branca é indicada para peles sensíveis e desidratadas. Contém o maior percentual em alumínio e seu pH é muito próximo ao da pele.

Seus benefícios são de clarear, absorver a oleosidade da pele sem desidratar, e ter ação suavizante e cicatrizante. Apresenta ação tensora branda e, portanto, pode ser usada em todos os tipos de pele, especialmente nas expostas demasiadamente ao sol.

 

Argila Rosa
A argila rosa é a mistura da argila branca com a vermelha. Por ser mais suave, a argila rosa é indicada para as peles sensíveis e delicadas. Ela possui ação desinfetante, cicatrizante e suavizante. A argila rosa é rica em ferro, e muito boa para aplicação de máscara facial, corporal e capilar.

Ao mesmo tempo em que absorve as toxinas e o excesso de oleosidade, fornece os minerais necessários para devolver o viço e o brilho natural de sua pele e cabelos, tornando-os sedosos e macios.

Argila Cinza

A argila cinza é indicada para peles oleosas e com manchas.

Devido ao titânio presente em sua composição, combate espinhas, cravos e é um excelente esfoliante. A argila cinza é antioxidante natural, retardando o envelhecimento da pele. É reguladora da seborréia capilar, absorve a irradiação solar, é clareadora de manchas e pode ajudar na redução do peso e medidas (opa, onde eu encomendo um caminhão dessa?)

Argila Preta
A argila preta é a mais nobre de todas, pode ser encontrada também como lama vulcânica. É muito utilizada para a desintoxicação da pele, principalmente peles oleosas.

Tem ação antiinflamatória, anti-artrósica, absorvente e anti-stress. Devido ao alto teor de alumínio e silício e baixo percentual de ferro, pode ser usado tanto para cosmética como para tratamentos de doenças. É um excelente agente rejuvenescedor.

 

argila1

Após o tratamento notei a pele mais clara e hidratada, com suavização dos vincos. Engraçado que eu tenho a pele meio manchadinha, razão pela qual quase nunca saio sem maquiagem. Porém, toda vez que ela está mais hidratada eu sinto que as manchas suavizam. O preço eu também achei em conta. Olha, super aprovado.

O Trat Spa fica em Barra Mansa – RJ e tem uns tratamentos incríveis pra pele. A limpeza de pele de lá é a mais completa que eu já vi, eu indico pra todo mundo mesmo, mas isso é assunto pra outro post.

Agende uma visita pelo telefone : 024 3323-5568

Fica a dica, gente.

 

 

Enfim, blog!

 

11tit

Tudo na vida tem um começo. Nesse caso, um recomeço. Embora possa parecer que este projeto começa aqui, ele teve início há mais de dez anos atrás, quando eu tinha 12 anos.

Mas primeiro você precisa conhecer a minha história. Eu tenho uma família enorme mas na prática mesmo sempre fomos eu, minha mãe e meus avós. Eu não tinha muitas crianças com quem brincar, então comecei a ler muito cedo. Na verdade eu  já lia antes de saber ler, porque folheava livros e imaginava a história contida naquelas figuras coloridas. Um dia quando eu tinha menos de 6 anos uma amiga da minha mãe me viu com um livro na mão e perguntou se eu sabia ler, eu respondi que só sabia ler palavrinhas. Ela pediu pra eu mostrar como lia as palavrinhas e eu li em voz alta uma página toda pra ela, que estava em choque. Foi aí que ela disse ” você sabe ler!”. Eu lembro até hoje a emoção que senti naquele momento, parecia que a barreira do impossível havia se desfeito diante de mim e eu automaticamente passei a compreender o significado daquilo. Eu não precisava mais pedir para alguém ler pra mim. Eu já era, literariamente, uma garotinha independente. Grande parte disso eu devo à minha avó, Lúcia, semi-analfabeta. Todas as vezes em que íamos na rua, ela comprava um livrinho de histórias para mim. Em muitos aspectos, eu não seria quem sou hoje sem ela.

Virei uma devoradora de livros. Meu nome figurava sempre entre na lista dos 3 alunos da escola que mais pegavam livros emprestados. Como consequência, apenas ler passou a não me bastar. Eu queria criar meu próprio mundo, minhas próprias histórias. Logo, escrever tornou-se meu passatempo favorito, o que me rendeu dois prêmios regionais antes dos 15 anos. Aos 12 escrevi uma história (inacabada, infelizmente) baseada no universo mágico criado por J.K Rowling e publiquei no maior site do gênero no país. Durante dez anos ela esteve na lista das mais votadas e ainda hoje ocupa o posto de 8ª mais lida. Com tanto amor pelas palavras, eu dizia que seguiria jornalismo. Na verdade a minha família apostava que eu viraria escritora, mas a minha vida tomou um rumo bem diferente.

Escrever, aliás, é um hábito do qual não cultivo mais há tempos. Vez em quando eu ataco de “escritora de facebook”, mas nada comparado com antes. Até como miss eu já venci dois concursos de talento escrevendo. Um deles eu levei por voto unânime da banca de jurados, porém uma das candidatas disse que eu poderia ter pedido para alguém escrever para mim e que o meu texto foi “apelativo para fazer os jurados chorarem de propósito, assim qualquer um levava”. Por causa das reclamações dela, não ganhei o posto que me era de direito, mas saber que algo feito por mim mexeu com o melhor (e, infelizmente, com o pior) das pessoas que puderam me ouvir já valeu muito mais do que qualquer título. Escrever me torna uma pessoa mais próxima do meu pai. Ele é uma das pessoas mais cultas e inteligentes que eu conheço, com uma vasta biblioteca em casa. Ele tem livros publicados e durante muitos anos escreveu crônicas para um jornal. Espero um dia poder ser como ele.

Dos 12 aos 21 tive diários dos quais escrevia religiosamente todas as noites.  Em agosto de 2003 descobri os blogs, e me joguei. Fui blogueira dos 12 aos 21 anos. Comecei com um diário, criei alguns blog especializados em assuntos específicos, usei alguns pseudônimos para escrever, até que no final criei um blog para postar os meus looks. Eu não tinha muito dinheiro (“mudaram as estações, nada mudou…”), então eu tinha uma criatividade enorme para misturar peças e um faro incrível para promoções. No começo da blogosfera, blogger estava longe de ser uma fonte de renda ou uma profissão, postávamos por puro hobby e tenho orgulho de ter vivido os primeiros passos desse fenômeno digital. Meu último blog deu seus últimos suspiros em 2011 e veio à falecer em 2012, por motivos dos quais eu realmente não me orgulho. Talvez eu escreva sobre eles um dia.

O final do blog culminou em uma fase crucial da minha vida, que mudou todo o meu futuro: resolvi ser miss. Falando assim, pode parecer algo fútil ou cafona pra você, mas você jamais iria acreditar na mudança que isso provocou na minha vida. Pense em uma garota tímida, submissa e que não acreditava em si. Essa definitivamente não sou eu, mas já foi. Eu jamais havia saído da minha cidade natal e logo me vi colocando a mochila nas costas (ou a coroa na cabeça, no caso) e me aventurei por aí. Tive a oportunidade de vivenciar novas experiências, amadurecer, me redescobrir e conhecer pessoas do Brasil inteiro (sim, se tem uma coisa da qual eu me orgulho é de conhecer pessoas do Acre, Tocantins, Rio Grande do Sul, Amazonas… de todos estados mesmo!).Para minha surpresa, no final dessa jornada eu percebi que eu nem de longe era aquela menina do começo, aquela que não arriscava nada por medo de dar errado e que tinha medo do que pensavam à seu respeito. Eu agora me conhecia, eu conhecia o que eu buscava e, principalmente, conhecia o meu lugar no mundo e quem eu era diante das pessoas. Digo isso porque me orgulho de encostar a cabeça no travesseiro sabendo que jamais precisei passar por cima de alguém para chegar em algum lugar.

Bom, voltemos ao que interessa. Eu não sabia, mas já na época do meu blog antigo eu tinha um leitor fiel: O Lipe. O Lipe é o meu namorado agora, mas na época era “o garoto da Copa de 2006”. Ele era a pessoa mais incrivelmente parecida comigo no mundo todo, aquela da qual eu podia passar 20 horas diretas conversando e ainda tinha assunto. Não chegamos a namorar naquela época, seguimos rumos distintos mas sempre gostávamos  de nos certificar que o outro estava bem e o jeito que ele encontrou de fazer isso era acompanhando o meu blog. Hoje eu vejo o quanto isso é psicopata, mas não deixa de ser fofo, vai.

Anos depois, a vida deu a suas voltas e numa dessas voltas incríveis e inesperadas, nos reencontramos e começamos a namorar. Com o namoro, vêm as brigas. Eu só conseguia falar tudo aquilo que eu pensava se estivesse escrevendo, então às vezes eu simplesmente interrompia uma briguinha e falava “posso responder por e-mail? Eu só consigo me expressar bem assim.” Ele ria e me dizia que eu deveria voltar a escrever.

Enquanto eu vivia a correria da vida de miss, correndo atrás de apoiadores igual uma louca, ele passou a me pentelhar dizendo que eu deveria voltar a escrever, que eu deveria voltar com o blog. Eu relutei. Achava que blog era coisa pra rico e eu não tinha como conciliar esse mundo com a minha vida pessoal. Um belo dia, minha mãe e ele me chamaram para uma conversa séria e tentaram me convencer a voltar pra esse mundo.  Fiquei de pensar, comentei com as pessoas que me ajudavam nos concursos de miss, eles apoiaram e eu decidi retornar.

Isso foi em meados de 2014. É que sou perfeccionista, queria deixar minha vida em ordem para convidar vocês para fazer parte dela. Adiei até o fim do miss Rio de Janeiro 2014, depois adiei até comprar uma câmera boa, adiei até me recuperar de uma queda da escada, adiei até perder uns quilos, adiei até me recuperar do trauma de o namorado ter ido fazer intercâmbio, adiei pra depois que eu me recuperasse de uma cirurgia grave, aí veio a monografia, os dois empregos, as prova da faculdade (2015, já acabou, Jéssica?), até as férias do estágio, enfim… eu adiei até achar que poderia me dedicar 100%. Adiei até hoje. E quer saber? Para minha surpresa eu percebi que a nossa vida nunca vai estar em ordem. Ela às vezes vai estar mais arrumadinha, ás vezes vai estar um caos, às vezes você vai ter que empurrar algumas coisas para debaixo do tapete para quando a visita chegar … mas a vida é assim mesmo. Ela não para, ela não espera por você. É como dizem por aí : comece onde você está, use o que você tem e faça o que você pode.  Bem, essa sou eu agora, com todas as forças que eu tenho e eu prometo que vou fazer o melhor que puder.

Bem-vindos ao meu mundo. Fiquem à vontade e não reparem a bagunça.

 

desk blog1

 

Ps.: Gostou do layout? Quando eu disse que era perfeccionista falei sério. Ele foi um trabalho de equipe desenvolvido por mim e pelo meu namorado. Eu fui a designer e ele o programador. Viram? Namorado que é namorado, além de incentivar também põe a mão na massa. Sou ou não sou sortuda?